segunda-feira, 29 de agosto de 2016

A Herdeira – Opinião

Este é o quarto livro da saga “A Seleção”, que tal como já referi nas opiniões dos volumes anteriores é para mim uma das melhores sagas que li nos últimos tempos (opinião do primeiro livro aqui, segundo aqui e terceiro aqui).
“A Herdeira” ficou um pouco aquém das minhas expectativas, apesar de ter gostado bastante, achei que foi o mais fraquinho de todos até agora, provavelmente por não gostar tanto da personagem Eadlyn, que agora é a personagem principal,  como gostava de America.
Para mim Eadlyn é uma rapariga mimada e bastante irritante que quando não tem o que quer amua e tenta estragar tudo, lá mais para o meio do livro já comecei a gostar mais dela, pois com o desenrolar da estória ela deixou de ser tão snobe e passou a divertir-se mais, começando a permitir que as muralhas que a envolviam começassem a cair.
Estou a torcer por 2 dos pretendentes e espero sinceramente que seja um deles, não digo quem para não haver spoilers, pois se dissesse estaria a contar uma das melhores partes do livro para mim.
Uma personagem nada principal e que ganhei bastante carinho foi o Kaden, um dos irmãos da Eadlyn, ele é cómico e bastante querido, fartei-me de rir à custa dele quando estava a ler, gostava bastante que no próximo livro ele tivesse um papel mais presente, pois neste ele apareceu muito pouco.
Tal como os outros, é um livro que se lê bastante rápido, tem uma escrita bastante fluída e consegue-se entrar na estória muito facilmente.
Quero muito que saia o último livro desta maravilhosa saga, que acho que está agendada para o final do ano se não me engano, esperemos que acabe da melhor maneira e que mostre um lado diferente de Eadlyn para me ajudar a gostar mais dela.

Sem comentários :

Enviar um comentário