segunda-feira, 27 de junho de 2016

Incarceron – Opinião

Incarceron é o primeiro livro de uma duologia, que se centra em duas personagens, Cláudia e Finn, os quais têm vidas bastante diferentes. Cláudia é uma nobre que está prometida ao filho da rainha e Finn é um prisioneiro, em Incarceron, o qual não se recorda de nada da sua vida antes dos 15 anos.
Nunca tinha lido nada parecido com este livro, é bastante diferente e puxa bastante à imaginação do leitor durante toda a história. Existem pormenores simplesmente fenomenais, do meu ponto de vista, e que mostram a imaginação da autora, como por exemplo o facto de Incarceron ser um local fechado, ninguém entra e ninguém sai, e por isso devido à falta de matéria orgânica as pessoas, animais e até plantas começam a nascer com partes feitas em metal.
Achei a história por vezes bastante previsível, mas pelo contrário achei que o final foi completamente inesperado, não estava nada à espera que houvesse uma reviravolta tão grande, e acho que foi esta parte que me fez gostar mais do livro.
Devo admitir que não fiquei “apaixonada” por nenhuma personagem, achei-as muito pãozinho sem sal, e sendo assim não consegui criar empatia com nenhuma, tornando a leitura um pouco mais lenta.
Outro ponto negativo sobre este livro é o facto de possuir alguns erros ortográficos, o que não ajudam nada, mas pronto tirando estes factos achei o livro bastante interessante e estou ansiosa para ler o segundo. :D
Pessoas que gostam de ficção científica e/ou fantasia deviam dar uma hipótese a este livro, acho que não se vão arrepender.

quinta-feira, 23 de junho de 2016

As Guardiãs do York – Opinião

Primeiro que tudo, quero agradecer à autora por me ter disponibilizado o livro. :)
“As Guardiãs do York” é um livro pequenino e fácil de ler, achei-o interessante, mas senti que faltou algo.
Entrei neste livro sem perceber bem do que se tratava, pois a sinopse não diz praticamente nada, só dá para perceber que o livro pertence ao género fantasia, e pouco mais que isso.
Esta história centra-se em 4 amigas, Mary, Bel, Paty e Cris, que de um dia para o outro começam a sentir-se “esquisitas”, dando conta de que muitas coisas estranhas se estão a passar à volta delas, descobrindo assim que cada uma possuí um tipo de poder.
Durante toda a narrativa nota-se que a autora foi bastante minuciosa a nível de pormenores e que tem bastante imaginação, o problema é que achei que essa imaginação não foi bem aproveitada. Achei que o livro ao princípio foi um pouco lento demais e que no final começou a andar demasiado depressa, não houve um meio termo, chegando ao ponto de ter que ler algumas páginas de novo, porque já não estava a perceber nada do que se estava a passar.
Tive bastante dificuldade em acompanhar os saltos temporais, acho que não estão bem explicados, e pode ter sido esse o motivo que me fez achar que o livro estava bastante lento ao princípio.
O que gostei mais foram as partes cómicas, gosto de livros que me façam rir, e neste houve bastantes momentos em que isso aconteceu.
Tenho que dizer que achei o livro bastante previsível, sendo que quase ao principio já tinha suspeitas de quem era o York, o que me estragou um pouco o resto da história. Para além do já referido, outro ponto negativo é uma grande quantidade de erros que foram aparecendo pelo caminho, e que não ajudaram nada na leitura.
Foi uma leitura agradável e espero sinceramente que a continuação seja mais esclarecedora, pois achei que muita coisa ficou por dizer e explicar.

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Accio Books – 6º livro junho 2016

Mais um livro que consegui retirar da minha grande lista de TBR. :D
Desta vez vamos voltar à fantasia, e sendo assim escolhi um livro que tinha dito que queria ver se o lia este verão sem falta. O livro escolhido é então “O Herói das Eras – Parte I” de Brandon Sanderson, espero sinceramente que seja tão bom como os anteriores.
Esta é uma das minhas trilogias preferidas, e apesar de não gostar de acabar trilogias ou sagas quando são boas, esta estou ansiosa para saber o seu final, porque uma coisa que esta trilogia tem de bom é que não é nada previsível, e por isso quero imenso saber o que vai acontecer com Vin agora (para quem não leu o 2º livro acabou com um enorme cliffhanger).
Vamos lá ver se este livro será o último deste mês, ou se ainda consigo começar outro. :)

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Red Queen - Opinião

Este livro foi-me oferecido no Natal passado, e sinceramente não sei porque demorei tanto tempo a pegar nele, provavelmente pela preguiça de ler em inglês, só sei que não o deveria ter feito pois adorei lê-lo.
O livro é uma distopia, e baseia-se numa divisão entre os vermelhos, que são os plebeus, e os prateados, que são as pessoas que fazem parte da nobreza. Os prateados são os importantes daquele mundo, pois possuem poderes, conseguindo fazer com que os vermelhos façam tudo o que eles querem devido ao medo que lhes provocam.
Toda a história gira à volta de Mare, uma rapariga plebeia de sangue vermelho, a qual ajuda a família dela a sobreviver através de roubos, mas o destino prega-lhe uma partida e de um dia para o outro consegue arranjar um emprego como empregada no palácio real. Durante esse trabalho Mare descobre que também ela tem poderes, mesmo sendo vermelha, e devido a esta descoberta a sua vida muda radicalmente.
Gostei bastante da personagem Mare, apesar de a achar um pouco ingénua, devido a confiar demasiado nas pessoas, para além disso adorei o mundo construído pela autora Victoria Aveyard, independentemente de me fazer lembrar um pouco o X-men, por causa dos poderes, e eu sinceramente não sou grande fã de super-heróis, mas mesmo assim gostei bastante, e senti que a história foi muito bem conseguida.
Sei que muita gente não gostou assim muito do livro, por o compararem muito à saga “A Seleção”, eu não o consigo fazer porque li o livro antes de começar essa saga, e por isso não consegui verificar as semelhanças.
Achei que a autora foi bastante detalhada, mas não em demasia, por exemplo em certas diferenças entre os vermelhos e os prateados, e isso fez com que conseguisse imaginar tudo muito melhor na minha cabeça, mostrando a dedicação e minucia que a autora teve ao escrever este livro.
É um livro bastante diferente, e que deixa o leitor no final do livro a querer pegar logo no seguinte. Quero muito comprar o segundo para poder continuar com esta saga. :D

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Accio Books – 5º livro junho 2016

E pronto, mais um livro acabado. :)
Este mês está a ser muito produtivo, também com a quantidade de livros que comprei este mês, se não fosse, acho que me dava uma coisinha má. Apesar de já não ter espaço nenhum no meu quarto para livros, mas continuar a comprá-los, ver a minha TBR a descer é sempre ótimo.
Desta vez vou mudar um bocadinho de género, para não enjoar, e por isso escolhi “As Dez Figuras Negras” de Agatha Christie. Não é o primeiro livro que leio da autora, já li 2, e adorei. Vi a adaptação para mini-série que foi feita sobre este livro, e simplesmente adorei, acho que foi das poucas séries que vi todos os episódios de seguida (são 4 mas mesmo assim cada um tem uma hora).
Apesar de ter visto a mini-série e já saber o final, não poderia deixar de ler esta obra, que é considerada uma das melhores da autora.
Esperemos que seja uma leitura rápida e bastante boa. :)

terça-feira, 14 de junho de 2016

A Seleção – Opinião

Vou começar esta opinião com uma simples frase “Esta é uma das minhas sagas favoritas!”.
Todo o mundo à volta deste livro me fascina, adoro livros distópicos, e quando são bons parece que tudo à nossa volta deixa de existir, e foi exatamente o que se passou.
Desde o início que fiquei apaixonada pela história, e simplesmente adoro a personagem principal America. Esta adoração tem uma grande razão, que é o facto de me ver um pouco nela, o seu “mau” feitio e a maneira como ela lida com as coisas fez-me lembrar de mim em muitas situações, principalmente por ela não aceitar fazer coisas quando acha que não é o correto, digamos que isso muitas vezes a colocava em situações menos boas.
O príncipe Maxon também se tornou uma personagem brilhante, e percebi logo desde que ele apareceu que ia adorar a sua personagem. Para ser sincera pode-se dizer que passou a ser um dos meus personagens masculinos preferidos, acho que vocês percebem o que quero dizer. ;)
Quanto ao Aspen, ao princípio até lhe achei piada, e admito que achei que o que ele fez pela America foi bastante romântico (o gesto em si), o pior mesmo foi a reação que ele teve umas páginas mais à frente, o que me fez deixar de gostar dele quase no início, achei-o bruto e estúpido, apesar de perceber o porquê da reação. --‘
Claro que muitas pessoas vão dizer que a história é um pouco previsível, sobre isso não posso discordar, mas sinceramente não conheço quase nenhum, ou mesmo nenhum, livro Young Adult que não o seja, e sinceramente não me importei nada que assim o fosse.
Li este livro em muito pouco tempo, quase nem o conseguia pousar, e quando o fazia era um martírio para mim, porque necessitava de saber o que iria acontecer.
Tem momentos bastante divertidos, em que dei por mim a rir sozinha, e senti que o livro foi muito bom pelo facto de me ajudar a descansar o cérebro, pois andava um pouco desanimada com as minha leituras anteriores, faltava-me algo assim.
Recomendo vivamente este livro, é simplesmente maravilhoso e não me importava nada de voltar a lê-lo outra vez (notinha: eu não sou pessoa de ler o mesmo livro 2 vezes, por isso dá para ver o quanto gostei).

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Accio Books – 4º livro junho 2016

Ainda não vamos a meio do mês e já vou para o 4º livro a ser lido, finalmente vou conseguir passar a minha média dos 4 por mês (iupi).
Bem, tal como vos disse no accio books anterior, a minha próxima leitura já não tem a ver com a saga “A Seleção”, pelo simples facto de que ainda não tenho o livro, com muita pena minha, mas apesar disso o livro escolhido é também um que andava mortinha por ler.
O livro é “Espera por mim” de Gayle Forman, o qual andava desejosa de ler, porque adorei o 1º desta duologia, e como acabou em cliffhanger mais desejosa fiquei, podem ver a opinião aqui.
Comprei o livro o mês passado e já sabia que não ia esperar muito tempo para lhe pegar, e como é pequenino e é capaz de se ler muito bem, decidi que estava na altura de o ler.
Estou desejosa de lhe pegar e espero sinceramente não me desiludir, porque estou com expectativas muuuuuuuito altas.
Já leram?

domingo, 12 de junho de 2016

Accio Books – 3º livro junho 2016


Este mês as leituras estão a ser maravilhosas, estou a adorar a saga “A Seleção” e simplesmente não consigo parar.
Por isso, como já devem ter percebido, ou adivinhado, o próximo livro é, nada mais nada menos, do que o 3º livro da saga, que é “A Escolha”.
Esta saga já se tornou uma das minhas favoritas, estou naquele momento em que não consigo parar de falar dos livros às outras pessoas (desculpem pessoas, mas é inevitável).
Para a próxima leitura, prometo que não é o 4º, porque AINDA não o comprei, já faltou mais para o mandar vir, mas por enquanto ainda me estou a controlar, vai depender de como acabar este 3º.
Já há muito tempo que não me sentia tão bem a ler, é um sentimento tão bom. *-*

sábado, 11 de junho de 2016

Verão 2016 - 2 meses, 5 livros

A maior parte das pessoas faz planos sobre o que vão fazer durante o ano (que muitas vezes nunca é cumprido), bem eu fiz os meus planos de leitura para este verão, que espero conseguir cumprir, mas não prometo nada que um deles é bem grandinho.
Como o verão é a altura do ano que consigo ler mais, escolhi alguns livros que quis ler durante todo o ano, mas por causa do pouco tempo que tive para eles foram ficando para trás.
Fiquem então aqui com a minha lista maravilha, sendo que a lista não está ordenada de nenhuma forma em particular. :)

1. “O Inverno do Mundo” de Ken Follett


Quero muito lê-lo desde que acabei o primeiro da coleção, e vocês perguntam “Então porque não o leste já?”, bem o problema é o seu tamanho, tem mais de 800 páginas, e sendo um livro que fala de guerra torna-se um pouco pesado no meu ponto de vista, pelo menos foi o que senti em relação ao primeiro.

2. “A Noite de Todas as Almas” de Deborah Harkness


Tenho cá em casa todos os livros da trilogia, e mais uma vez ainda não o comecei por causa do tamanho, não é tão grande como o do Ken Follett, mas mesmo assim não deixa de ser um calhamaço. Gostava muito de começar a lê-lo, a ver se é desta.

3. “A Espada de Shannara” de Terry Brooks


Só conheci esta saga devido a ter sido adaptada para uma série de tv, a qual sei que muita gente não gostou, mas eu fiquei maravilhada com a história. Pelo que me disseram a história deste livro não é a mesma que a da série, o que ocorre é que os eventos deste antecedem a série, o que me faz querer lê-lo ainda mais.

4. “O Herói das Eras (parte I)” de Brandon Sanderson


Esta é uma das minhas trilogias favoritas no momento, só ainda não a acabei porque sinceramente sou daquelas pessoas que não gostam de acabar histórias. Este livro foi dividido em duas partes, mas pelo menos a primeira gostava de a conseguir ler este verão.

5. “A Hora Solene” de Nuno Nepomuceno


Esta trilogia é simplesmente fantástica, e o melhor é que ganhei os 3 livros em passatempo e estão todos assinados pelo autor. :)
Tal como disse em cima, não gosto de acabar histórias, e então foi ficando para trás, com muita pena minha, porque a história é brilhante.
A ver se acabo a história do André este verão, e se descubro o porquê de tudo o que se passou no final do segundo livro.


E vocês, têm planos de leituras para este verão? Gostariam de ler ou já leram algum destes livros?

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Accio Books – 2º livro junho 2016

E tal como previa, o livro “A Seleção” foi lido muito rapidamente, e por isso trago-vos hoje a minha segunda leitura deste mês.
Vou fazer uma coisa que nunca fiz, que é ler de seguida dois livros de uma saga. Gostei tanto do livro “A Seleção”, que é impossível não ler agora “A Elite”.
Já sabia que isto ia acontecer, quando a meio do livro deixei de conseguir pousá-lo, só gostava de não ter mais nada para fazer para além de ler.
Ainda bem que deixei esta coleção para esta altura de exames, porque me ajuda bastante a desanuviar.
Hoje saiu o 4º, e sinceramente já estou a pensar se não o irei comprar, mas vou tentar me conter.
E vocês, já se aventuraram nesta saga maravilhosa?

sábado, 4 de junho de 2016

Accio Books – 1º livro junho 2016

Vamos lá começar um leitura nova, sendo que desta vez é um livro que estou bastante entusiasmada em começar, o livro é então “A Seleção” de Kiera Cass.
Enquanto ainda estava a ler o livro anterior, já andava à procura do que ler a seguir, e esta foi logo a minha primeira escolha, não só porque estava bastante ansiosa para o fazer, mas também porque queria ler algo do género neste momento, e que soubesse que muito provavelmente seria uma excelente leitura.
Já ouvi falar maravilhas sobre este livro e espero que esteja à altura das minhas expectativas, espero não me desiludir, estou com esperanças que isso não aconteça (fingers crossed).
Passei os olhos pelo primeiro capítulo ontem e do que li gostei, mas também é como disse, foi só o primeiro capítulo, muito ainda pode acontecer.
E vocês já leram ou está nos vossos planos para leitura futura?

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Wicked Lovely: Tatuagem – Opinião

Este é o segundo volume da saga “Wicked Lovely”, e foi um livro, que do meu ponto de vista, deixou muito a desejar.
Adorei o primeiro livro e estava à espera que sentisse o mesmo em relação a este segundo, mas o que senti foi completamente o oposto. Achei que faltou muita coisa, que houve muita coisa que ficou por explicar, e por isso não fiquei totalmente esclarecida com a história.
Tatuagem, tem como personagem principal Lesley, uma rapariga que não tem uma vida fácil, e que ao contrário de Aislinn no primeiro livro, não sabe nada sobre o mundo das fadas, é completamente ignorante sobre este mundo.
Sinceramente, não gostei muita dela, achei-a demasiado desinteressante, e senti que muita coisa ficou por explicar quanto ao seu passado, tal como senti com a personagem Neal.
Achei a história estranha, apesar da enorme imaginação por parte da autora, isso não lhe tiro créditos nenhuns.
Senti a falta das personagens que tinha gostado imenso no primeiro livro, e visto que não ganhei empatia por nenhuma personagem, achei o livro secante e bastante enfadonho, parecia que não andava para a frente.
Espero sinceramente que o seguinte seja melhor, e que as personagens sejam mais interessantes.

quarta-feira, 1 de junho de 2016

Bibidi Bobidi Books – Book Haul maio 2016

Início de um novo mês, trás sempre consigo o Book Haul do mês passado :D
Este mês até que nem me portei mal! ^_ ^
Ao todo tenho para vos mostrar seis livros, três comprados, um ganho em passatempo e dois que comprei no mês de abril, mas só os recebi em maio.
Vamos lá começar pelo livro ganho em passatempo, que é “D. Teresa” de Isabel Stilwell. Este livro ganhei-o num passatempo do dia do livro, em que se tinha que dizer uma palavra relacionada com os livros, mas que sinceramente já não me lembro qual foi a que disse. Tinha vários livros à escolha, mas este foi o que me prendeu mais a atenção.
Depois, os livros que tinha comprado no mês de abril, foram dois livrinhos para completar a minha coleção da Cassandra Clare “ The Mortal Instruments”, sendo eles “City of Fallen Angels” e “City of Heavenly Fire”, que comprei pela Awesome Books. Fiquei um pouco triste ao início, porque os livros não vieram em muito bom estado, principalmente o “City of Fallen Angels”, e também porque são de uma edição diferente das que já tinha, sendo assim fiquei com 6 livros com 3 edições diferentes, o que equivale a tamanhos diferentes o que me faz muita confusão, agora já me habituei um pouco a estas diferenças, mas ao principio custou-me um bocado. Pelo menos já tenho todos os livros o que para mim era o importante. :)
Por fim, vamos lá falar dos livrinhos que comprei, sendo que nos três livros gastei à volta de 15 euros, já não gastava tão pouco dinheiro em livros à muitooooooo tempo.
O primeiro que veio cá para casa, foi um livro que eu tinha referido que o queria comprar rapidamente, porque o livro anterior tinha acabado em cliffhanger, o livro é então “Espera por mim” de Gayle Forman. Estou desejosa de o ler, quero imenso saber o que vai acontecer a seguir, apesar de já ter lido a sinopse e ter ficado com uma boa ideia.
Depois, comprei o livro que me faltava da saga “A Seleção” de Kiera Cass, que é o livro “A Elite”, já tinha o primeiro e o terceiro, e aproveitei ter dinheiro para gastar na fnac, de uma prenda de natal,  a juntar com 20% desconto sobre o livro e comprei-o quase de borla. Ainda não li nenhum livro da saga porque estava desejosa de ter os três para depois começar, e com a notícia de que vai sair o quarto este mês ainda mais ansiosa fiquei para os iniciar.
Por último, e para mim a melhor compra que fiz este mês, foi um livro que comprei em 2ª mão, que é “O Homem Pintado” de Peter. V. Brett, o livro está novo, não tem marcas nenhumas. Esta é uma série que andava à procura do livro baratinho à já alguns meses, mas não encontrava ninguém que o vendesse a um preço apelativo, ou se vendesse tinha a capa inicial, que eu não gosto muito.
Ando a portar-me melhor nas compras, e a minha carteira tem andado mais contente, vamos ver se este mês também me porto bem. :) 
E vocês, o que compraram em maio?