quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Accio Books – 3º livro novembro 2016

Estamos no último dia do mês de novembro e vou começar uma nova leitura.
Para acabar o mês escolhi “Fala-me de Um Dia Perfeito” de Jennifer Niven, que é um livro que ando para ler há uns bons meses, mas que por vários motivos foi ficando na TBR e nunca lhe consegui pegar.
Li a sinopse mas já não me recordo de praticamente nada, por isso vou lê-lo sem saber bem do que se trata, espero não me arrepender, pelo menos há imensa gente que parece gostar dele.
Vamos lá ver o que vai sair daqui.
Já leram?

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Crónicas de André e Vicente: A Cidade das Brumas – Opinião

Mais uma vez diverti-me bastante a ler uma obra escrita pela autora Anita dos Santos.
A autora usa por todo o livro expressões muito engraçadas e tem uma imaginação enorme, como se pode ver pelo nome do personagem mensageiro, quando li o nome pela primeira vez desmanchei-me a rir.
Tal como ocorreu com o primeiro (opinião aqui), não o achei nada maçudo e apesar de haver alguma descrição a mesma não se torna chata e até ajuda bastante o leitor a situar-se e a imaginar completamente as personagens como elas são. Algo que achei bastante interessante foi o facto de a autora usar nomes de árvores em algumas personagens, sendo que as mesmas apresentam semelhanças com as árvores a que estão associadas.
Em comparação com o outro livro achei este mais complexo e muito melhor a nível de revisão, pois o anterior pecou muito a esse nível.
Durante toda a leitura vão aparecendo vários ditados, o que para mim é ótimo num livro dirigido aos mais jovens, pois com esta leitura poderão aprender muito sobre esta temática o que é sempre importante.
A única coisa que tenho a apontar é sobre o modo de falar do Bosques, não me apercebi disso no primeiro livro, talvez não o tivesse visto com atenção, ou então neste não consegui acompanhar as suas falas, pois o que aconteceu foi ficar confusa e ter que ler as suas frases bastantes vezes até conseguir perceber o que é que ele estava a tentar transmitir.
No geral gostei bastante da obra, e acho que esta é uma saga muito engraçada para que a faixa etária juvenil possa começar a ler e a interessar-se pelos livros.

domingo, 27 de novembro de 2016

Accio Books – 2º livro novembro 2016

Estamos quase no final do mês, mas ainda há tempo de iniciar a minha próxima leitura.
Como queria algo pequenino para conseguir ler rápido, decidi que estava na altura de pegar no livro “Génesis: Um Novo Começo” de Tom Fox, o qual me foi oferecido pela editora 20/20 quando houve um encontro livrólico nas suas instalações há uns meses atrás.
É um livro bastante pequeno, sendo que a sua estória antecede um outro livro também editado pela mesma, denominado por “Dominus”.
Do que li sobre a narrativa, faz-me lembrar um pouco “O Código de Da Vinci”, não pela parte dos puzzles, mas sim porque acho que terá um pouco a ver com teorias da conspiração, que é algo que a mim me fascina imenso.
Vamos lá ver o que sai daqui, e se terei que comprar o “Dominus” depois de ler este.

sábado, 26 de novembro de 2016

Tag Literária: A Bela e o Monstro

Olá livrólicos, hoje trago-vos uma Tag literária que tem como nome “A Bela e o Monstro”.
Tenho que agradecer à Carolina do blogue As Leituras da Carolina, por me ter nomeado para fazer esta Tag, sendo que a mesma foi criada pela Kristy do blogue Kristy and the Cat Read.
Já andava para fazer outra Tag literária há uns tempos, e esta nomeação só me fez querer voltar às Tags ainda mais.

Bem, existem algumas regras que são:
  •  Agradecer à pessoas que te indicou;
  •  Mencionar o criador da Tag;
  •  Indicar um livro que combine com cada uma das músicas/personagens mais abaixo;
  •  Indicar o máximo de pessoas possível. 
Vamos começar? Aqui vai.

“Um conto tão velho quanto o tempo” – Um tema ou cliché popular do qual não te aborreces (ao ler livros).

De há uns tempos para cá os livros distópicos tornaram-se os meus livros de eleição, e são dos poucos em que consigo devorá-los rapidamente, tais como a saga “A seleção” ou mesmo a trilogia “Hunger Games”.
É um tipo de tema que me tem fascinado cada vez mais.




“Bela”  Um livro que compraste pela capa ser bonita e que é igualmente “bonito” por dentro.

Normalmente as minhas compras pela capa correm sempre um pouco mal, por isso ando a tentar deixar de o fazer, mas um livro em que correu incrivelmente bem foi “Trono de Vidro”.
Este livro tem uma capa bastante bonita e muito chamativa, na minha opinião, e considero que foi dos melhores livros, ou mesmo o melhor, que li este ano.
Estou desejosa de ler o segundo volume desta saga. :D



“Monstro” – Um livro do qual não esperavas muito mas que, no fim, foi uma agradável surpresa para ti.

O livro que escolhi para esta secção é a minha leitura atual, “O Dardo de Kushiel”. Apesar de ainda não o ter acabado posso dizer que não esperava grande coisa do mesmo, mas está a tornar-se uma grande surpresa e estou a gostar bastante, vamos lá ver se manterei esta afirmação até ao final (estou quase a acabar).



“Gaston” – Um livro que toda gente adora, menos tu.

Peço imensa desculpa aos fãs, mas terei que dizer “A Rapariga no Comboio”.
Não consegui achar-lhe grande piada, até o achei bastante morto e pouco interessante até mais de metade, o que só fez com que a minha vontade para o ler diminuísse a cada página.



LeFou – Um “companheiro” leal que não consegues evitar gostar mais do que a personagem principal.

Não sei se a minha resposta será bem enquadrada aqui, porque não é bem um “companheiro” leal, mas a minha resposta é Draco Malfoy da saga “Harry Potter”.
Desde o início dos livros que sempre foi a minha personagem preferida da saga, e por mais importância que outras tenham nada se iguala a ele.



Srª Pott, Chip, Lumiere e Cogsworth – Um livro que ajudou-te durante um período difícil ou um que te ensinou alguma coisa de valiosa.

Um livro que me marcou bastante e dos poucos que me fez chorar foi “Marley & Eu”. Sempre vi os meus animais de estimação como os meus pequeninos pelos quais eu faria tudo, mas depois deste livro fez-me ver que temos que aproveitar todos os segundos que temos para estar com eles, pois são eles que vão estar à nossa espera ao final do dia para nos alegrar com a sua simples presença.



“Qualquer coisa” ou “Something there” – Um livro ou série que não gostaste muito à primeira mas que leste até ao fim.

Eu não sou pessoa de deixar livros a meio, por isso acho que até hoje isso só aconteceu uma vez. Mesmo que esteja a odiar o livro para mim é essencial acabá-lo.
Sendo assim, para esta secção escolhi “O Livro das Coisas Perdidas”, não gostei muito dele, mas com grande esforço lá o consegui acabar.



“P'ra jantar" ou "Be our guest – Um personagem fictício com o qual tu adorarias jantar.

São tantos que é difícil escolher, mas pronto se tivesse mesmo que o fazer seria mais uma vez Draco Malfoy. Foi o meu primeiro cruch literário e até hoje está no topo das minhas personagens favoritas de sempre, por isso seria impensável não o escolher para esta categoria.



E chegou ao fim mais uma Tag Literária, espero que tenham gostado. :D

Vou nomear para esta Tag:


Mesmo que não tenham sido nomeados, sintam-se à vontade para a fazerem também. :D

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Uma Chama entre as Cinzas – Opinião


Comprei este livro por impulso, não só pela sua capa lindíssima, mas também por que vi imensas reviews a dizerem bem dele, e por isso mal o vi à venda por um preço mais apelativo para a minha carteira, comprei-o logo.
Bem, não sei se foi de todas as reviews que li mas estava à espera de um pouco mais do livro, faltou-lhe qualquer coisa de extraordinário, gostei bastante mas houve algo que não me fez ficar completamente agarrada à estória.
Achei o conceito da estória bastante interessante, mas acho que foi abordado muito superficialmente, queria que muitas coisas tivessem sido explicadas, e espero que o sejam no próximo livro, pois creio que poderá vir a tornar a narrativa bastante mais interessante.
É um mundo muito diferente e bastante complexo devido a estar repleto de mitologia, o que tornou o livro especial, visto eu adorar essas coisas e ter aprendido muito.
Gostei imenso das personagens principais, Elias e Laia, achei os dois com uma personalidade bastante forte, cada um à sua maneira, o que lhes faz ter força de vontade para lutar por aquilo em que acreditam.
Para além deles os dois, existem ainda outras personagens muito interessantes, tais como Helena e Keenan, os quais mesmo não sendo principais foram, ao longo do livro, tendo cada vez mais importância e por isso foram se tornando personagens com as quais é quase impossível não criar uma ligação.
Na minha opinião este livro tem uma das personagens mais desprezíveis de sempre, a Comandante. Houve tantos momentos que fiquei com raiva dela, é mesmo uma pessoa sem coração e super horrível para os que a rodeiam, gostava de saber se existe alguma razão por detrás da sua personalidade fria.
Estou bastante ansiosa para poder ler o próximo e espero que muitas das respostas que o livro deixou sejam explicadas.

domingo, 13 de novembro de 2016

(Resultado) Passatempo "Deuses de Dois Mundos: O Livro da Traição" de PJ Pereira

E mais um passatempo chegou ao fim, e como tal estou aqui para anunciar o vencedor do livro “Deuses de Dois Mundos: O Livro da Traição” da autora PJ Pereira.
Houve 32 participações, sendo que 5 das mesmas foram invalidadas devido a não terem todos os requisitos obrigatórios.
Das 27 participações validadas foi utilizado o site Random.org para a escolha do vencedor, e a mesma foi:




Nº 2 - Maria (...) Silva Carlos, de Coimbra

Muitos Parabéns à vencedora, a qual será contactada por e-mail e terá uma semana para me responder, caso não o faça farei novo sorteio.


Obrigada a todos pela participação. :)

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

"Jardins da Lua" de Steven Erikson


P.V.P.: 17,91€ (à data de publicação deste post)
Editora: Saída de Emergência
Data de Edição: 11/2016
Coleção: Saga do Império Malazano
Nº de páginas: 656




Sinopse:
O PRIMEIRO VOLUME DE UMA OBRA-PRIMA QUE REVOLUCIONOU A FANTASIA ÉPICA Quebrado pela guerra, o vasto império Malazano ferve de descontentamento. Os Queimadores de Pontes do Sargento Whiskeyjack e Tattersail, a feiticeira sobrevivente, nada mais desejam do que chorar os mortos do cerco de Pale. Mas Darujhistan, a última das Cidades Livres, ainda resiste perante a ambição sem limites da Imperatriz Laseen. Todavia, parece que o Império não está sozinho neste grande jogo.

Sinistras forças das trevas estão a ser reunidas à medida que os próprios deuses se preparam para entrar na contenda… Concebido e escrito a uma escala panorâmica, Jardins da Lua é uma fantasia épica da mais elevada qualidade, uma aventura cativante da autoria de uma excecional nova voz. Verdadeiramente épico, Erikson não tem igual quando o assunto é ação e imaginação, e junta-se à classe de Tolkien e Stephen Donaldson na sua visão mítica.

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Accio Books – 1º livro novembro 2016

Bem, já vamos a dia 10 e eu já estou a ler um livro, só ainda não fiz este post pois ando um pouco atarefada com a tese.
O livro que está na minha mesa de cabeceira agora foi-me emprestado à algum tempo, mas como ando com preguiça de ler livros grandes (neste momento grandes para mim são livros com mais de 300 páginas), tenho-o deixado de lado.
A leitura do momento é “O Dardo de Kushiel” de Jacqueline Carey. Este livro pertence à série Kushiel, é do género fantasia, e está a surpreender-me bastante, apesar de ainda não ter lido grande coisa.
Vejo bastantes opiniões contraditórias em relação a ele, por isso não sei bem o que achar, só espero que seja uma boa leitura que me acompanhará nos próximos tempos.
Conheciam este livro?

domingo, 6 de novembro de 2016

(Resultado) Passatempo “Crónicas de André e Vicente: A Cidade das Brumas” de Anita dos Santos

E o primeiro passatempo do blogue chegou ao fim, e como tal estou aqui para anunciar o vencedor do livro “Crónicas de André e Vicente: A Cidade das Brumas” da autora Anita dos Santos.
Houve 44 participações, sendo que 10 das mesmas foram invalidadas devido a não terem todas os requisitos obrigatórios, custa-me estar a invalidar participações, mas estava bem explicito nas regras e eu também avisei no facebook sobre essa situação, tenham atenção para a próxima vez.
Das 34 participações validadas foi utilizado o site Random.org para a escolha do vencedor, e a mesma foi:



Nº 22 - Elisa (...) Esteves, de Olhalvo

Muitos Parabéns à vencedora, a qual será contactada por e-mail e terá uma semana para me responder, caso não o faça farei novo sorteio.


Obrigado a todos pela participação e não se esqueçam que ainda decorre outro passatempo no blogue. :)

sábado, 5 de novembro de 2016

Bibidi Bobidi Books – Book Haul outubro 2016

E já chegou outra vez o final do mês, e como não poderia faltar tive que comprar algumas coisinhas durante o mesmo.
Não foram muitas, mas considero que foram excelentes compras! :D
Primeiramente, vou-vos falar de um livro que não foi comprado. Tal como disse no post “Accio Books – 2º livro 2016” recebi da autora Anita dos Santos a sua segunda obra “Crónicas de André e Vicente: A Cidade das Brumas”, o qual já li e farei a opinião daqui a uns dias.
Este mês comprei 2 livros, os quais foram “À Morte Ninguém Escapa” de M. J. Arlidge e “Harry Potter e a Criança Amaldiçoada – Parte 1 e 2” de J. K. Rowling, John Tiffany e Jack Thorne.
Quanto ao livro “À Morte Ninguém Escapa”, aproveitei uma promoção do Continente em que alguns livros da Topseller estavam a 50% de desconto. Mal vi que este era um dos livros corri para o Continente, pois já andava feita louca à uns meses à procura deste livro a um preço inferior, e depois de ler o 1º da saga o mês passado, ainda com mais vontade de pegar neste livro fiquei, obviamente que não ia deixar escapar uma oportunidade destas.
O “Harry Potter e a Criança Amaldiçoada – Parte 1 e 2” ainda é um livro que estou indecisa sobre se vou gostar ou não, devido a estar escrito em forma de peça de teato, mas como fã de Harry Potter não poderia deixar de o comprar.
Como foi o vosso mês? Recheado de livros?

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

"A Química" de Stephenie Meyer


P.V.P.: 19,71€ (à data de publicação deste post)
Editora: Editorial Presença
Data de Edição: 11/2016
Nº de páginas: 544



Sinopse:
Não perca o novo livro de Stephenie Meyer, a autora da saga Twilight. Um mistério eletrizante e romântico, de tensão permanente.

Neste thriller empolgante, uma ex-funcionária perseguida pela agência governamental para a qual trabalhava tem de executar uma última missão para limpar o seu nome e salvar a sua vida.

Apesar de trabalhar para o governo dos EUA, poucos sabiam disso. Considerada uma especialista, era um dos elementos mais ocultos de uma agência tão secreta que nem sequer tem nome. Quando entenderam que a sua ex-funcionária os punha em perigo, tomaram de imediato a decisão de a perseguir. Agora, ela tem de mudar constantemente de lugar e de identidade. Os seus perseguidores mataram a única pessoa em quem confiava, mas as informações secretas que guarda são uma ameaça, por isso estão determinados a eliminá -la o mais rapidamente possível.
Quando o seu antigo supervisor lhe propõe uma alternativa para sair desta situação, ela crê estar perante a única oportunidade de escapar. Para tal, terá de aceitar uma última missão para a agência. Infelizmente, cedo compreende que as informações que lhe foram transmitidas a colocam numa situação ainda mais perigosa. Decidida a lutar, prepara-se para o confronto mais difícil da sua vida, mas dá por si apaixonada por um homem que apenas complica as suas possibilidades de sobrevivência. À medida que essas possibilidades escasseiam, vê -se obrigada a usar os seus talentos únicos de formas que nunca imaginou.

Neste novo romance, Stephenie Meyer criou uma nova heroína determinada, fascinante e com talentos únicos, demonstrando mais uma vez o que a leva a ser uma das autoras mais admiradas da atualidade.

Sobre o autor:
Stephenie Meyer nasceu na véspera de Natal, em Hartford, Connecticut, mas vive em Phoenix, no estado do Arizona desde os quatro anos de idade. É lá que vive com o seu marido e os seus três filhos. Licenciou-se em Literatura Inglesa, pela Brigham Young University. Após a publicação do seu primeiro romance, Twilight (entre nós publicado com o titulo Crepúsculo), Stephenie Meyer foi considerada "como uma das mais promissoras novas escritoras de 2005" (Publishers Weekly). O seu romance de estreia foi bem recebido pela critica tendo conseguido várias distinções entre as quais se destacam: A New York Times Editor's Choice; A Publishers Weekly Best Book of the Year, Amazon "Best Book of the Decade...So Far". Sem dúvida um romance de qualidade, já traduzido, até agora, em 20 línguas.
Críticas de Imprensa:
«Stephenie Meyer continua a empolgar os leitores.»
USA Today

«A maneira como Stephenie Meyer cativa o leitor, doseando a informação, é simplesmente de mestre. Os leitores não se limitam a lê-la; querem transpor-se para dentro dos seus livros e viver neles.»
Lev Grossman, Time

«Uma escritora capaz de uma claridade intensa que nunca se intromete entre o leitor e o sonho que ambos partilham. Verdadeiramente genuína.» Orson Scott Card, autor de O Jogo Final

«Stephenie Meyer está mais interessada nas relações do que nas convenções superficiais do género. A sua lição de vida é desarmante.»
Jeff Giles, Entertainment Weekly

«Não nos limitamos a ler um romance de Stephenie Meyer, vivemo-lo juntamente com as suas personagens convincentes e vívidas. A autora envolve o leitor ao ponto de este sentir que faz parte integrante da vida dassuas personagens.»
Ridley Pearson, autor de White Bone