sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Gravar as Marcas – Opinião

“Gravar as Marcas", é um livro da autoria de Veronica Roth, que é também autora de uma trilogia bastante conhecida, “Divergente”. Este era um livro que estava ansiosa por ler desde que ouvi dizer que ia ser lançado mas, mais entusiasmada fiquei quando soube que ia ser logo traduzido para português pela Editora Harper Collins Ibérica.
Tive bastante sorte por o ter ganho num passatempo pelo blogue The Girl Who Reads Books, o que me permitiu conseguir iniciar esta minha viagem pelo mundo criado pela autora Veronica Roth poucos dias após o seu lançamento mundial.
Tenho que admitir que desde o princípio, apesar de me sentir empolgada pelo seu lançamento, estava com dúvidas sobre se iria gostar ou não desta duologia, visto ter ficado muito desgostosa com o trabalho da autora à medida que ia lendo a trilogia “Divergente” mas, ainda bem que lhe dei uma oportunidade porque, adorei a leitura, e não achei quaisquer parecenças entre a trilogia e este livro, o que é maravilhoso.
A narrativa, tem lugar numa galáxia, bastante diferente da nossa, e a estória é-nos apresentada pelo ponto de vista de 2 personagens principais, Cyra e Akos, nascidos em locais completamente diferentes, Shotet e Thuvhe respetivamente, em que os habitantes destes locais se veem como inimigos mortais.
Neste mundo cada pessoa possui um dom-corrente mas, nem todos os dons são bons, tal como acontece com Cyra. Esta possui o dom da dor, sendo assim explorada pelo seu irmão Ryzek de maneira a conseguir obter tudo o que deseja dos seus inimigos através do medo e da tortura.
Tanto Akos como Cyra, são duas personagens com personalidades muito fortes e determinadas, o que me fez adorá-las e criar logo empatia desde o início. Para além disso, completam-se na perfeição, o que para mim foi um ponto a favor.
No princípio da leitura achei que o livro, tal como acontece com muitos Young Adults, seria bastante óbvio e, que já sabia como tudo se iria desenrolar mas, estava enganada. Claro que há sempre aqueles clichés mas, ao longo do livro foram surgindo bastantes ocasiões que me fizeram ficar surpresa devido ao desfecho que tiveram.
Penso que é uma duologia com potencial, principalmente porque ficaram muitas respostas por dar, e que poderão vir a dar um desenrolar à estória fantástico.
Estou ansiosa para ler o segundo livro que espero que seja tão bom ou melhor do que este.
Queria aproveitar esta opinião para agradecer à Editora Harper Collins Ibérica, por ter permitido que tenha tido uma leitura tão maravilhosa como esta.
Recomendo vivamente, para os amantes de Distopias, Fantasia e Young adults, que peguem neste livro pois acredito que vão gostar tanto quanto eu. Não se vão arrepender!

2 comentários :

  1. Também tenho o livro na estante para ler, mas ainda não comecei... 🙈 Também tenho ouvido algumas opiniões mistas, mas estou curiosa e quero dar-lhe uma oportunidade!

    Convido-te a ires ler o novo post do blog e a deixares lá também a tua opinião!

    Beijinhos,
    Carolina - leiturasdacarolina.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A sério? Ainda nem fui ver opiniões sobre o livro, nem vi que pontuação já tem no goodreads. Eu gostei bastante e, acho que fazes bem em dar-lhe uma oportunidade :)

      Vou passar lá agorinha mesmo ^_^

      Beijinhos*

      Eliminar