terça-feira, 6 de junho de 2017

O Dardo de Kushiel – Opinião

Li este livro emprestado, porque estava com um pouco de medo de não gostar devido a nunca ter lido livros com um toque de erotismo mas, foi uma óptima surpresa e ainda bem que lhe dei uma chance.
Phédre, a personagem principal, é uma personagem bastante interessante, a qual vamos conhecendo desde criança até se tornar mulher, por isso vamos percebendo todas as fases por quais ela passou e que fizeram com que fosse moldado a sua personalidade daquela maneira.
É um livro com linguagem simples e com pouca descrição, apesar disso achei que houve algumas fases que a estória só estava à volta do mesmo e que não avançava. Este livro centra-se muito no erotismo masoquista e pode haver pessoas que sejam mais sensíveis a certas descrições, por isso se não é um tema que gostem não aconselho muito a ler.
Existem bastantes personagens com personalidades muito diferentes nesta obra, muitas com segredos que não querem que sejam revelados para o exterior, o que faz com que haja bastantes intrigas nas cortes e muita espionagem para se poder usar esses segredos uns contra os outros. Estas intrigas vão permitindo, ao longo do livro, ir construindo o puzzle de tudo o que se passa e ir desvendando segredos por trás de cada personagem.
O final do livro foi bastante inesperado e houve bastantes respostas que ficaram por dar, o que só aguçou a minha vontade de continuar a saga. É uma saga que quero continuar mas, não é bem uma prioridade, por isso, não sei quando irei voltar a pegar nela.

Sem comentários :

Enviar um comentário